Aguarde, carregando...

Pesquisa com depressão unipolar (18 a 59 anos)

Olá! Como você está?

Pessoas com depressão costumam ter humor triste, falta de vontade e de energia de fazer as coisas, além de ansiedade e dificuldades de sono. Os medicamentos ajudam nestes sintomas, mas têm diversos efeitos colaterais.

Pensando nestes problemas, nossa equipe do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas da USP desenvolve tratamentos para depressão que não utilizam remédios, como terapias por aplicativos que funcionam em smartphones e neuromodulação (estimulação elétrica não dolorosa, que ativa conexões cerebrais "enfraquecidas" na depressão), de forma portátil, ou seja, que podem ser realizadas em casa, através de um equipamento especialmente desenvolvido para este fim.

No Brasil e no mundo somos um grupo pioneiro, com mais de 10 anos de pesquisa desenvolvendo tratamentos com neuromodulação para depressão. Os resultados de nossas pesquisas têm ajudado no tratamento de diversos pacientes deprimidos em vários países.

Vamos começar um novo estudo clínico em que estarão envolvidos 210 pacientes adultos com depressão. Estes participantes serão sorteados, ao acaso, para receber neuromodulação, terapia por aplicativo, e/ou placebo. O placebo é necessário para medirmos a eficácia do tratamento. Porém, participantes do grupo placebo poderão receber o tratamento ativo na 2a parte do estudo, caso continuem com depressão.

Durante todo o estudo, os participantes serão acompanhados por uma equipe experiente de psiquiatras, psicólogos e pesquisadores. Por conta da pandemia, o número de visitas ao Instituto de Psiquiatria será mínimo e apenas quando extremamente necessário - a maior parte do acompanhamento e todo o tratamento é feito em casa. Mesmo assim, teremos uma linha telefônica e e-mail exclusivo para monitorarmos intercorrências.

O projeto tem financiamento público da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP). Assim, não há quaisquer custos para os participantes.

Caso você deseje participar desta pesquisa, que começará em maio de 2021, por favor responda ao questionário abaixo. Faremos uma pré-avaliação do seu caso com base em suas respostas, e caso você possa participar, entraremos em contato através do email que você indicar no questionário.

Preencha o questionário

Agradecemos seu interesse.

 

Ficou interessado em nossas pesquisas?

Preencha o formulário ao lado que nosso time entrará em contato.