O Serviço Interdisciplinar de Neuromodulação desenvolve uma parceria intensa com o Centro Interdisciplinar de Neuromodulação Aplicada do Hospital Universitário da USP, local em que são desenvolvidas pesquisas avaliando a técnica de estimulação transcraniana por corrente contínua (ETCC). A ETCC é uma nova forma de neuromodulação não-invasiva que utiliza correntes elétricas de baixa intensidade para modular a atividade do cérebro. A ETCC é investigada no tratamento de alguns transtornos mentais.

As pesquisas com neuromodulação na USP apresentaram destaque nacional e internacional nos últimos anos, com publicações em revistas científicas de destaque internacional, na edição online e impressa do New York Times e na revista da FAPESP

A equipe de neuromodulação no Hospital Universitário da USP é composta por psiquiatras, psicólogos e enfermeiros treinados no uso da neuromodulação e em pesquisa clínica. No momento, são desenvolvidas pesquisas em depressão unipolar e depressão bipolar.